SOBRE MIM

Brasileira, paulista, residente em Portugal.

Sou apaixonada pelas artes desde a infância e uma nativa empreendedora.

 

Na adolescência, aos 16 anos, já formada em Ballet Clássico, abri uma escola de dança e por 6 anos fui coreógrafa e professora.

 

Durante a graduação em marketing iniciei a minha carreira como comunicóloga, trabalhei por alguns anos no mercado da moda. Foi um grande amadurecimento profissional e pessoal.

 

Em 2002 abri uma agência de comunicação em São Paulo. 

 

Em 2006 "estreio" na TV Globo, em planejamento de mídia, produtora de conteúdo e coordenadora criativa de vídeos e eventos culturais por todo o Brasil. Neste período, fiz um MBA em Gestão e, em paralelo, cursos independentes de artes.

 

Depois de 9 anos na TV, em 2015, criei a produtora Ideias Indomáveis. Em 2016 mudei-me para Portugal.

Já em Lisboa, dediquei-me não só a produtora, mas também a Galeria de Arte Dubalacobaco, um projeto que nasceu no Brasil e cresceu em Portugal. Com a participação de artistas de todo o mundo, realizamos 70 edições de uma Feira de Arte que foi incluída no principal roteiro cultural da cidade.

No final de 2019 a Galeria entrou em pausa, era o momento de buscar uma vida menos acelerada.

Hoje, estudo filosofia com mais dedicação, pesquiso, desenho, leio, danço, escrevo e "ouço" ainda mais o meu pulsar criativo.

Na minha produção artística, tenho usado técnica mista e há alguns anos a colagem ganhou destaque. O destruir (cortar) para construir (colar) e a liberdade na mistura das formas são como um puzzle, intuitivo e terapêutico.

Minha primeira exposição individual aconteceu em outubro de 2019 em Lisboa, com mais de 55 obras sobre o tema "Quanto mais dentro, mais fora | Domina-te a ti mesmo e dominarás o universo". As obras vendidas ganharam o mundo, Brasil, Portugal, EUA, Suiça, Alemanha, Austrália, Japão, Índia, Itália, França, Inglaterra, Holanda entre outros países.

Considero-me uma pessoa privilegiada, por isso muito grata. Desejo contribuir, através da arte, para uma sociedade mais humana, ética e afetiva.

O conceito da transformação sempre esteve muito presente em meus trabalhos, tenho o hábito de ver nas coisas aquilo que elas não são, mas o que podem ser. Esse conceito ficou ainda mais forte quando comecei a me questionar sobre o propósito do que eu fazia, sobre o significado que eu levava para as pessoas e como tudo poderia contribuir para a sociedade. Eu não quero apenas criar, eu quero deixar algo de positivo pela minha jornada. 

Sinto-me realizada quando alguém observa uma obra e é estimulado a interpretá-la por meio de seu próprio sentimento, sem ler sinopses ou me pedir explicações. Todas as peças são polissêmicas. É impressionante como esse exercício individual é revelador e completa o meu trabalho. Novas imagens se formam, sensações se misturam, é quase uma charada, elas provocam a nossa capacidade de reflexão e crítica.

  • WhatsApp
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • Linked in
  • Pinterest
  • Twitter

© 2015 by SHEILA ROCHA ART.    

whatsapp: +351 933 648 958 (Portugal)

skype: +55 (11) 3230 8445 (Brasil/Portugal)

sheila@sheilarocha.com